5 motivos pelos quais você deve investir em Mídia Programática

midia programatica

O mundo perfeito para aqueles que investem em publicidade ou na visibilidade da marca seria atingir as pessoas certas, no momento certo, alcançando ótimos resultados e, claro… Gastando pouco. Em busca de uma solução para todos esses desejos, muitas empresas e profissionais de Marketing descobrem a Mídia Programática. Com ela é possível aproveitar ao máximo inúmeras opções e facilidades para se conectar com um público-alvo qualificado.

Não é a toa que uma pesquisa feita pela OpenX mostra que 95% dos gestores acreditam que a Mídia Programática é um bom investimento. Quer saber como ela pode fazer diferença em sua estratégia? A Publya separou 5 motivos para investir em Mídia Programática:

1. Primeiramente porque ela te poupa tempo

Falar sobre as vantagens da Mídia Programática é quase o mesmo que narrar os motivos do seu surgimento. O processo de compra de mídia online era totalmente manual e consumia muito tempo. Para anunciar na internet era preciso negociar separadamente com cada página na web, o que sacrificava bastante a produtividade e a eficiência dos resultados dos profissionais que se envolviam nesses processos manuais.

Daí surgiu a tecnologia programática, com seu rápido sistema de leilão em tempo real (RTB) removendo a complexidade, tornando esse procedimento muito mais simples e eficaz para os anunciantes e para os veículos. O RTB permite a automatização de funções de compra de mídia, uma vez que propicia a habilidade de comprar inventário com base em impressão e usuário.

2. O seu cliente está online. E a sua mensagem para ele, também está?

O consumidor brasileiro está cada vez mais conectado e engajado em experiências digitais, e a sua marca pode (e deve) interagir com ele neste momento. Segundo estudos do Google Consumer Barometer 2015, 8 em cada 10 consumidores estão online pelo menos uma vez por dia. Com a Mídia Programática é possível aproveitar essa oportunidade e ter acesso a mais interações do que nunca com a pessoa certa e num momento propício. E assim, mais chances de uma experiência relevante que leve à conversão. Afinal, quando um anúncio é exibido em tempo real para um indivíduo, a probabilidade de interação com ele dobra.

3. Ao contrário do que muitos pensam, a Mídia Programática não é cara

A tecnologia programática está sendo cada vez mais utilizada ao perceber que ela otimiza o investimento e diminui a dispersão de verba publicitária, pois automatiza alguns processos e direciona que você utilize a verba apenas com o público relevante.

Com a compra tradicional pagava-se por um inventário levando em conta apenas o conteúdo das páginas. Já a programática, proporciona decisões mais inteligentes de estratégias digitais: o mesmo investimento pode ser otimizado atingindo somente pessoas do target relevante ao seu objetivo. Isso direciona os gastos publicitários a potenciais consumidores, ao mesmo tempo em que você para de gastar dinheiro com quem nunca será seu cliente.

4. Permite uma melhor segmentação da audiência, simplificando os esforços e maximizando o sucesso

Além de eficiente em custos, a Mídia Programática permite o alcance da audiência em múltiplos sites em uma única compra. Com isso, é possível identificar quais são as características mais relevantes do seu público e usar esses insights para atingir os consumidores de forma personalizada, qualificando o resultado da campanha.

Já que a compra de Mídia Programática é feita por audiência e não mais por canais, como era na compra tradicional, surgiram novas opções de entrega de publicidade baseadas no comportamento dos internautas e não mais apenas no conteúdo ou contexto das página. Como por exemplo: perfil demográfico, assuntos de interesse, localização e intenção de compra. O que faz com que sua mensagem seja entregue apenas para o target desejado.

Além disso, com ela você tem a opção de atingir pessoas que já mostraram algum nível de interesse em seu produto, serviço ou até mesmo em sua marca. Essa estratégia é o retargeting, que tem como foco principal impactar consumidores em potencial em todos os seus caminhos até a conversão ou aumento da percepção da marca.

5. Otimização dos resultados durante a campanha

As tecnologias programáticas abriram as portas para testar tudo! Durante a veiculação da campanha é possível, de forma automatizada, trocar e experimentar diferentes criativos, peças, canais, segmentos de audiência, técnicas e estratégias de targeting, analisando onde as campanhas terão melhores resultados.

As possibilidades de otimização são inúmeras na Mídia Programática. É possível customizar banners para cada target dentro de uma mesma campanha e, até mesmo, controlar a frequência de exibição de um anúncio para o seu público-alvo, tanto a individual (quantas vezes um usuário específico será atingido), como também a frequência geral (máximo de exibições por dia ou por hora).

Agora que você já sabe que vale a pena investir nesse modelo de compra, conte com a Publya – Mídia Programática para definir e operar as melhores estratégias online!