Publya agrega solução para veicular campanhas programáticas na TV Aberta

Notíciasjulho 13, 20225 Minutes

Publya passa a oferecer a veiculação de campanhas programáticas na TV Aberta linear. A solução se dá em parceria com a Zedia, empresa de tecnologia especializada em mídia contextual e publicidade programática na TV, e permite a entrega de anúncios Display enquanto a audiência está assistindo a programação em dispositivos Smart TVs.

Com presença cada vez maior nos lares brasileiros, as TVs Conectadas (CTV), também conhecidas como Smart TVs, fazem parte do domicílio de 73% dos usuários de internet. Aderente entre usuários de todas as faixas etárias, esses dispositivos vêm tendo influência no crescimento do consumo de conteúdos de vídeo, tanto na TV Aberta linear quanto nas plataformas de streaming.

A pesquisa Inside Vídeo aponta que a TV Aberta alcançou 205 milhões de brasileiros em 2020, e que o consumo de Vídeos Online nos domicílios cresceu 84% entre 2018 e 2020. Além disso, a relação entre a audiência que consome conteúdos em diferentes telas também está maior, com 72% das pessoas assistindo conteúdos na TV Aberta e Vídeos Online em um único mês.

O impacto da TV é perceptível no engajamento dos consumidores em outras plataformas digitais. Em 2020, os conteúdos de vídeo geraram +363 milhões de Tweets, sendo a TV Aberta responsável por mais de 90% deles, principalmente em posts sobre realities e novelas. Já a pesquisa da Magnite, sobre o impacto dos anúncios no comportamento da audiência de CTV, aponta que 74% pesquisam pelos produtos/serviços anunciados e 73% já realizaram uma compra.

A publicidade relevante e direcionada apresenta oportunidades para o plano de mídia das marcas, e a expectativa, segundo a AdAge, é que o investimento em CTV aumente em 39% este ano, chegando a aproximadamente $21,2 bilhões.

Com entrada recente no mercado, a tecnologia desenvolvida pela Zedia se apoia na ascensão das TVs Conectadas para atender a demanda por dados em tempo real para segmentar, medir e otimizar os investimentos em mídia dos anunciantes que desejam estar presentes na TV Aberta linear. Os anúncios em formato Display são exibidos durante a programação, sem interromper o usuário, e de forma segmentada, seja a partir da região e/ou categoria do conteúdo assistido.

Para Bruno Pacheco, CEO da Zedia, a TV conectada aparece como uma oportunidade para que marcas construam conversas reais com a audiência.

“Estamos vendo uma grande virada criativa na TV, com formatos mais interativos e narrativas digitais sendo construídas junto aos consumidores. Nos posicionamos como um hub de conteúdo e tecnologia focado em apoiar as grandes mentes de criação e mídia do nosso mercado.”

Baseado no formato de publicidade Display, os anúncios podem se manter na tela por 30 segundos ou mais e conter recursos para que o usuário interaja com a marca. Os usuários que clicam na publicidade podem ser direcionados para uma tela de navegação estendida dentro da própria Smart TV, que funciona como uma Landing Page, mas em formato específico para tela grande. O que permite às marcas apostarem na criatividade para trazer informações importantes para o público, como QRcode, WhatsApp, Links e telefones.

 

 

A tecnologia também permite mensurar os resultados da entrega com base em métricas já conhecidas no digital, como impressões, cliques e ações realizadas pelos usuários nas áreas interativas do anúncio.

Marcelo Martha, VP Comercial da Publya, comenta: “Quando a Publya entrou no mercado de publicidade programática, costumávamos prever que “tudo seria programático”. Hoje, estamos cada vez mais próximos desse pensamento, incorporando tecnologias que nos permitem a ativação de inventários na TV, utilizando critérios de segmentação para impactar os domicílios a partir de uma única campanha.”