Boas Práticas na Criação de Anúncios Display

Conteúdosmaio 23, 20229 Minutes

Os usuários visualizam anúncios por apenas alguns segundos, por isso, é importante que a mensagem contida nele seja curta e direta e o design seja simples, fazendo com que o consumidor entenda rapidamente a mensagem da marca. Neste artigo você verá boas práticas para a criação de anúncios display e como desenvolver peças para cada objetivo de campanha.

Boas Práticas para a Criação de Anúncios

Anatomia de um Anúncio

Produto e Proposta de Valor

A proposta de valor é o que fará com que o público se sinta atraído pelo anúncio. Para estratégias de topo de funil é indicado apresentar como seu produto/serviço soluciona as necessidades do consumidor. Isso agregará valor para consumidores que ainda não conhecem sua marca e nem o que está sendo anunciado. Segundo a Think With Google, 78% dos consumidores dizem que os anúncios precisam mostrar como as marcas podem ser úteis no dia a dia.

Já para estratégias de meio de funil é indicado mostrar os diferenciais do que está sendo anunciado, mostrando ao consumidor que já conhece sua marca, as vantagens em relação à concorrência.

Texto: Título e Subtítulo

Os textos do anúncio devem ter uma leitura clara e ser atrativo para a audiência impactada. Alternar o tamanho da fonte entre o título e o descritivo do anúncio é interessante para demonstrar o peso de cada mensagem. Evite utilizar fontes cursivas, finas e pequenas, pois essas podem tornar a leitura do anúncio um pouco difícil.

Segundo a Think With Google, títulos personalizados têm um desempenho de 1,3X melhor para a meta da campanha que títulos personalizados, e títulos que contém uma oferta têm um desempenho até 38% melhor para a meta da campanha em comparação aos demais.

Logomarca

O logo é um elemento essencial para o anúncio, e precisa ser apresentado de forma clara e visível. Dessa forma, é possível gerar maior confiança na mensagem que está sendo transmitida e aumenta o reconhecimento da marca.

Imagem

As imagens ajudam os usuários a entender a empresa, produtos/serviços e são essenciais para anúncios com bom desempenho. Segundo dados de uma pesquisa da University of Minnesota, o cérebro humano processa uma imagem 60 mil vezes mais rápido que texto.

Com isso, utilizar imagens de alta qualidade, sem estarem desfocadas, distorcidas, com inversão de cores e uso excessivo de filtros, é uma forma de fazer com que os anúncios se destaquem ainda mais.

CTA (Call to Action)

O Call To Action serve para indicar a ação que a marca deseja que o usuário realize, ajudando a aumentar o tráfego e as taxas de conversão, de leads ou de vendas. Sem ele, os consumidores não entenderão o que a marca têm a oferecer e nem quais caminhos seguir. Uma dica é utilizar uma cor de fundo que contraste com o restante do anúncio.

Boas Práticas por Objetivo de Campanha

Cada plataforma de mídia possui objetivos pré-definidos que permitem que os algoritmos otimizem a distribuição dos anúncios para ambientes e usuários mais apropriados. Porém, é importante lembrar que a tecnologia não funciona de forma mágica, e que para atingir um determinado objetivo é preciso um alinhamento entre as ações e as mensagens que precisam ser executadas para garantir a eficiência da campanha.

Confira nossas dicas de criação para diferentes tipos de objetivos:

Reconhecimento de marca

O anúncio deve ser claro e conter uma proposta de valor adequada para apresentar a marca, produto ou serviço aos novos consumidores. Este objetivo dispensa o uso de um botão Call-to-Action no criativo, pois sua função não é gerar cliques para o site, e sim fazer com que as pessoas impactadas lembrem da marca/produto.

Tráfego para o Site

Os anúncios nesta etapa devem atrair a atenção do usuário para realizar o clique. Apresente os diferenciais da marca, produto ou serviços, sinalizando ao usuário qual o próximo passo por meio de um botão Call-to Action. Normalmente as ações são mais voltadas para um usuário que está na fase anterior à decisão de compra, visando conhecer mais sobre o produto/marca.

Conversão

O objetivo desse anúncio é fazer com que o usuário realize alguma ação no site. Pode ser preencher um formulário para baixar um ebook, solicitar a demonstração de um produto, etc. Utilizar mensagens que expressem senso de urgência é uma forma de despertar a necessidade do usuário em adquirir a oferta, por exemplo, “Oferta Disponível por 24h”.

DCO – Criativos Automatizados e Dinâmicos

O Dynamic Creative Optimization (DCO) é uma tecnologia que permite o uso de diferentes estratégias para personalizar a mensagem dos anúncios de acordo com o usuário a ser impactado. Dessa forma, as agências e anunciantes podem gerar maior proximidade com o público e otimizar o desenvolvimento dos criativos.

A Publya dispõe da solução Studio de Criação, que utiliza o Dynamic Creative Optimization (DCO) para o desenvolvimento de anúncios personalizados em escala. Saiba como implementar na sua estratégia de mídia clicando aqui.