Marketing para Instituições de Ensino Superior: oportunidades através da mídia digital

Estudos de Mercadoabril 27, 20205 Minutes

Para muitos brasileiros fazer um curso superior é o primeiro passo para uma trajetória profissional de sucesso. Durante o processo de escolha, os interessados procuram por uma instituição que seja adequada a seu perfil econômico, aos requisitos de vocação e ofereça estrutura e professores qualificados.

Para atender essa demanda, as diversas Instituições de Ensino Superior buscam atrair os alunos através da comunicação, o que estimula o mercado a procurar por inovações e estratégias para captar e reter alunos.

Estratégias de Marketing Digital para Instituições de Ensino Superior” é o novo estudo lançado pela Publya com o intuito de apresentar o panorama do segmento no Brasil e como as instituições podem usar o meio digital para se diferenciar.

Panorama das instituições de ensino: desafios e oportunidades

O Brasil possui mais de 2.300 instituições de ensino superior. Com a competitividade do setor, é importante estar a frente com inovações para oferecer melhores condições aos alunos e flexibilizar a experiência de aprendizagem.

O modelo educacional, assim como muitos negócios, têm sofrido grandes mudanças por conta do coronavírus. Por isso, as instituições possuem como desafio repensar seu modelo de negócio – adaptando as aula para vídeo conferências, oferecendo conteúdos online e prestando maior auxílio aos estudantes que estão em casa.

Nesse cenário, é preciso fortalecer seus canais de comunicação para manter o ciclo de atração e retenção desses alunos. E a partir do meio digital, é possível se posicionar para apresentar seus diferenciais frente às demandas do mercado, e estimular a escolha dos alunos que desejam escolher uma instituição que atenda seus objetivos profissionais.

A jornada consumidor na procura por uma Instituição

Para escolher uma instituição de ensino, os alunos precisam passar pelo processo de descobrimento do que pretendem fazer no futuro, identificar o curso ideal, comparar valores e bolsas de estudo que cabem no seu orçamento e após isso, realizar a efetivação da matrícula.

Segundo estudo do Google, 1 em cada 4 pessoas que buscam sobre universidades tem seu processo decisório totalmente baseado em plataformas digitais, ou seja, não acessa fonte offline de informação sobre o tema. Sendo assim, para estar presente durante esses momentos e influenciar este processo, as instituições de ensino devem adotar estratégias digitais direcionadas para cada etapa da decisão dos alunos.

Os dois principais períodos do calendário acadêmico são o início do ano, com o vestibular de inverno, e no final do ano, com o vestibular de verão. Essas datas movimentam o setor, fazendo com que o planejamento de marketing e comunicação seja construído com o objetivo de aumentar o números de inscritos.

É importante lembrar que os períodos de vestibular se assemelham ao que chamamos de fundo funil, onde a estratégia é orientada a gerar conversões, porém o processo de decisão desse potencial aluno é composto por uma jornada mais ampla, como o exemplo a seguir:

Reconhecimento: O aluno está aberto a saber mais sobre diversas universidades, sem se apegar especificamente a uma única instituição.
Consideração: O usuário já conhece os nomes das principais marcas do setor e busca filtrar as instituições de acordo com seus interesses.
Conversão: O usuário conhece com propriedade as instituições de ensino de seu interesse e toma decisões com base no que aprendeu durante essa jornada. Para receber mais informações sobre matrícula e processos seletivos pode entrar em um formulário e deixar seus dados pessoais.

Quer saber quais estratégias de mídia considerar para este planejamento digital? Faça o download do novo estudo da Publya “Estratégias de Marketing Digital para Instituições de Ensino”. Clique aqui!